Nós da Kisoul somos apaixonados por livros e acreditamos que bons livros podem contribuir muito do ponto de vista pessoal e profissional. Certeza!

Como “respiramos” livros, é comum nos perguntarem se preferimos livros físicos ou os digitais (ebooks). Sem qualquer pretensão, apresentamos nossa visão.

Analisando do ponto de vista de acesso ao conteúdo, podemos dizer que são absolutamente iguais: os livros digitais têm (caso tenham sido produzidos perfeitamente) o mesmo conteúdo dos livros físicos.

Analisando do ponto de vista de experiência, há sim diferenças. Seguem algumas.

O ebook se encaixa bem em uma viagem que você queira levar alguns livros mas não quer ter que carregá-los, ou mesmo para uma leitura em um ambiente mais escuro que você precise contar com a luminosidade do seu dispositivo de leitura (o eReader).

O livro físico tem um apelo especial. São inúmeros os relatos de prazer em folhear um livro, prazer no suave cheiro do papel, … Mas tem um ponto adicional muito interessante. Nessa nossa rotina digital com muitas horas (horas até demais…) na frente de um computador, usando o smartphone ou vendo séries, ler um livro passa um sentimento, prazeroso, de desconexão. Sim! Além do prazer de acessar um bom conteúdo, ao ler o livro físico se tem a curiosa sensação de autocontrole. De nos mostrar que temos a capacidade de nos desconectar um pouco do digital. Algo como “sim, eu consigo me desconectar!”.

Faz sentido? Será um prazer se quiser compartilhar seu ponto de vista conosco.